sábado, 19 de dezembro de 2015

A,


Não fique assim, a vida é absurda. Sempre queremos ordem, mas a realidade sempre dá uma rasteira. Eu já passei por vários momentos surreais. Por isso, nunca mais digo de que desta água nunca beberei, pois tropeço e quase morro engasgado na fonte.

Acho que você precisa deixar esta armadura de mulher forte e adentras nas profundezas de seu ser. Lidar bem com as fragilidades é uma forma de força.

Cuidado com este ”político-religioso-corrupto”. Parece-me que é de uma seita demoníaca que adora sacrificar jornalistas com a finalidade de conseguir mais poder.


Acho bom passar água benta por todo seu corpo. Logo, estará protegida de todo mal.  

D,



Sinto que está mais amadurecido e não fica mais esperando a aprovação dos outros. Parabéns!  Siga sua intuição e faça o que tem que fazer, não ficando só no desejar.
D, estou enlouquecida! Ultimamente, tenho sonhos eróticos com um político-religioso-corrupto. Tenho até vergonha de narrar as cenas. Acordo exaurida... E  o pior que ele sabe. Um dia, fui entrevista-lo e o safado pegou na minha perna e senti todo meu corpo tremer. Acho que estou enfeitiçada. Se ele fosse pelo menos honesto...

Realmente estou louca e pegando fogo! 

A,


Como já disse, parei de fazer grandes projetos. Vivo o cotidiano e estou adorando vencer pequenas vitórias particulares. Estou correndo( acredita?) diariamente e já não sofro tanto de acordar cedo. Eu e M. nos separamos. Agora, ela está em Paris.

Estou estarrecido com as últimas notícias, também! Enquanto ao livro A Revolução dos Bichos - George Orwell, sinto-me fazer parte dele como personagem. A ansia de poder é muito foda!

D...

Por onde anda? Nunca mais me escreveu! Minha vida mudou muito. Ainda está com M.? D., estou perdida, o mundo mudou tanto nestes últimos anos. Estava cheia de esperança...

Sinto-me traída com os últimos acontecimentos. Já leu A Revolução dos Bichos - George Orwell?



Por onde você anda? Nunca mais me escreveu! Minha vida mudou muito. Ainda está com M.? D., estou perdida, o mundo mudou tanto nestes últimos anos. Estava cheia de esperança... 

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

A,

tudo bem com você? Há algum tempo não entramos contato um com outro. Deve estar ocupada, né? Eu, nem tanto, mas continuo num processo de mudança e vou indo. Não quero mais planejar grandes projetos, desejo viver as pequenas coisas e não me dar tanta importância. Estou com emprego novo, que está me fazendo muito bem, principalmente, no aspecto da minha concentração. Você sabe, sempre fui muito disperso. Concentro-me com todas as minhas forças que em casa exausto e nem consigo escrever ou pintar. A vida é um labirinto que estou fazendo a travessia. Para onde vai? Não sei e quer saber de uma coisa: FODA-SE.

Espero notícias suas, querida amiga!



Ps: A M. pede desculpa de se meter na nossa conversa. Ela manda lhe manda um beijo.

domingo, 11 de abril de 2010

D,



Há quanto tempo que não lhe escrevo! Pois é, estou num turbilhão de emoções no trabalho e aqui em casa. Como está? Realizou alguma coisa? Estou tão cansada, parece que vivi mais de dez mil anos. Sinto saudade das horas vazias e do tédio das tardes de domingo. Quero ficar sem fazer nada pelo menos alguns dias. Neste momento, como estou de folga, escrevo para você amigo. Sinto saudades!
Ps: Fala para M. não se meter na nossa conversa. É muito enxerida!

Ps2: Olha só a cena do filme " O AMANTE" que achamos uma das imagens mais belas do cinema. Lembra-se? Mando o atalho do Youtube, já que você publica nossas cartas em um blog desprezível!

sexta-feira, 5 de junho de 2009

A,

Estou estudando para concurso público intensamente. É tanta informação, que preciso urgentemente de comprar mais memória para minha cabeça. A M. está me dando muito apoio. Melhorei um pouco no português, graças ao professor ex-surtado e ex-terrorista. Meus pais continuam na Índia e mandam fotos deles com o guru; sempre juntinhos e felizes. Não sei se evoluído o bastante para ter um relacionamento a três... Mudando de assunto, depois da prova que fiz no domingo, uma colega me ligou e disse que lhe aconteceu uma coisa muito louca. Quando teve orgasmo com o namorado, ela transcendeu a lugares nunca antes navegados; parecia que estava em simbiose com o universo. Ai, quando foi fazer a prova, gabaritou todas as questões. A M. me disse que quando temos o orgasmo absoluto, entramos em contado com divino ou forças que a raça humana não compreende. Tomara que este êxtase me arrebate e que eu consiga passar num concurso público. Não tenho mais nada a dizer, estou cansado de pensar.
Ps:A M. quer dar um recado para você:
“ O D. é uma pessoa muito especial e tem talento correndo em suas veias. Você tem que parar de menosprezá-lo. Só porque é uma jornalista bem sucedida, não é melhor do que ninguém. Sei que não posso me meter nos assuntos de vocês, mas o que faz com ele, é uma depredação que destrói sua auto-estima.”
Ps2: Não fique chateada com M.. Também, sei que você deseja o meu bem; por isso, diz na lata o que pensa.
D&A foram amantes e agora são amigos. Trocam cartas para dividir, alegrias, tristezas e angústias. Antigamente as cartas eram postadas no blog: http://cartasintimas.zip.net/, contudo o vento da mudança bateu à porta.